Sunday, April 3, 2011

Eduardo Souto Moura - Prémio Pritzker 2011




Eduardo Souto Moura (Portugal)
Pritzker de Arquitectura 2011

http://www.lexpress.fr

Eduardo Souto de Moura é o Prémio Pritzker de 2011, uma espécie de Nobel da Arquitectura. Com grande surpresa do laureado, segundo entrevistas! 

"Le Portugais Eduardo Souto de Moura a reçu le prix Pritzker 2011 pour son travail mariant classicisme et modernisme. La plus prestigieuse en architecture souligne "sa capacité unique de réunir des caractéristiques de prime abord contradictoires: la puissance et l'humilité, la crânerie et la délicatesse, la force 
de l'autorité publique et le sens de l'intimité" selon l'expression du jury."

Não deixem de visitar a a galeria dedicada a Souto Moura no Pritzke.com ou   em  2011mediakitphotos.pdf

Pela segunda vez o Prémio Pritzker é atribuído a um arquitecto português. Já Álvaro Siza Vieira o recebera em 1992. Interessante saber que os dois estudaram e ensinam na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto.



Álvaro Siza Vieira


"The university issued a communiqué Monday saying that “Souto de Moura and Siza Vieira are considered the greatest representatives of contemporary architecture and their style has become known as the ‘Porto School’”.


Casa da Música

Se considerarmos que Rem Koolhaas, o holandês que, em 1998, concebeu a Casa da Música o recebeu em 2000, isto leva-nos a concluir que o Porto tem, neste momento, obras de três prémios Pritzker

Não sabemos se é a única cidade no Mundo com uma tal concentração de Pritzker! O facto é que o nome da cidade está, a partir de agora, ainda mais ligado à Arquitectura como uma das "artes" que nos últimos anos mais se afirmou e, consequentemente, mais se mediatizou. E isto dá-nos um certo prazer estético.

A cidade do Porto começa então a ser um caso sério na arte ancestral que é a "arte de construir".



A cerimónia de entrega do galardão a Souto Moura decorrerá no dia 2 de Junho em Washington.

Não deixem de ler alguns artigos internacionais a propósito de Souto Moura. É que andamos mesmo a precisar de ouvir falar bem de nós, lá por fora...

"Mas, este prémio conferido a Souto Moura pela Fundação Hyatt (EUA), tem outras leituras. Num país que atravessa neste período da sua história, provavelmente, o mais baixo nível de motivação, esta distinção atribuída a Souto Moura, à Arquitectura portuguesa e à Escola de Arquitectura do Porto, é um indicador das capacidades subsumidas num povo que tem talento e arte desperdiçadas a rodos..." (...)

Paquete de Oliveira (JN)

G-S

Fragmentos Culturais

03.04.2011
Copyright © 2010-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®


Licença Creative Commons

Referências:

The Pritzker Architecture Prize

Souto Moura, lauréat du Prux Pritzker 2011, 30.03.2011

10 comments:

mfc said...

Ainda há notícias boas!
É um enorme orgulho.

Cata- Vento said...

Um prémio atribuído com todo o mérito. O Porto está de parabéns.Portugal está de parabéns. Estou orgulhosíssima.

Bem-hajas!

Beijinhos

pinguim said...

Um prémio que honra o país.

vitor cunha said...

Não obstante eu não ser um entendido em arquitectura,há duas coisas que me deleitam numa construção: a forma e a luz; sobretudo a luz define um arquitecto e as obras quer dum quer de outro dos arquitectos utilizam-na com maestria!Sinto-me orgulhoso pelo prémio atribuído a formados por uma Escola do Norte (Porto), porque também sou nortenho.
Beijinho

Petrus Monte Real said...

Conheço, para além das obras mais mediáticas e transmitidas pelo mundo virtual, a remodelação do Museu Grão Vasco, em Viseu.
Ficou uma bonita obra, por ter respeitado o passado histórico do velho edifício, mas com um toque de modernidade.
A cidade pode orgulhar-se por ter o nome do arquitecto associado ao seu Centro Histórico.
É verdade. Sabe bem, neste difícil momento que o país atravessa, a elevação do nome de Portugal, através da arquitectura.

Quero lembrar ainda que, neste caso, está a acontecer o que vem sendo um hábito, muito nosso: só valorizamos os nossos autores e artistas em geral, depois do reconhecimento pelo estrangeiro.

É uma linda homenagem, de que muito gosto.
Um beijo

Fragmentos Culturais said...

... acredita 'mfc'!
É que foi mesmo uma honra em momentos tão 'pardos'...

Bom domingo!

Fragmentos Culturais said...

... é verdade,'Isamar'! O Porto, a sua 'escola' de Arquitectura, o país!

Eu também me senti muito orgulhosa!

Tem um lindo domingo!
Um beijo fraterno,

Fragmentos Culturais said...

... verdade, 'pinguim'! Honra e muito! E nesta fase, ainda honra mais!!

Fragmentos Culturais said...

... a arquitectura é arte! E toda a arte, não carece ser entendida, mas sim 'sentida'!

Sim, tens razão Vítor! A luz está muito presente nas obras de interior/exterior de Souto Moura e Siza Vieira! É o seu 'selo'!

Ainda não entendi porque foram buscar um arquitecto de fora para a 'Casa da Música'... afinal todos os gabinetes presentes (arquitectura e engenharia) eram portugueses!

E olha que eu adoro o edifício! Mas há tanto espaço mal aproveitado e nada rentabilizado para servir a música!

Mas, muito nos honra ter estes 'premiados' bem perto de nós!

Excelente domingo!
Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

... 'a remodelação do Museu Grão Vasco, em Viseu.' - que eu também tive o prazer de reconhecer, caro Petrus'!

Numa curta pausa da manhã, fui dar uma passeio, pelas ruas do centro histórico da cidade, e, atraída pela casa senhorial com o tal toque de modernidade avistada, entrei e percorri! Não me dera conta que se tratava de Souto Moura (para sincera, pensei em Siza)... mas afinal são 'a mesma escola'!

Viseu está de parabéns, caro amigo! Saí encantada!

Esta distinção veio em bom momento... para dar ao país um elemento de satisfação pelos portugueses de valor!

'...só valorizamos os nossos autores e artistas em geral, depois do reconhecimento pelo estrangeiro...' e por vezes, nem isso :(
Sempre foi assim, e será...

Sensibilizada pelas palavras amigas!
Excelente pausa de domingo!

Um beijo,