Saturday, March 8, 2014

Dia Internacional da Mulher: prevenir !




Dia Internacional da Mulher 2014
Credits : European Parliament

Hoje,8 Março, é dia de falar sobre as mulheres. Celebra-se o Dia Internacional da Mulher.

A igualdade de género é um dos valores fundamentais do Parlamento Europeu e a violência contra as mulheres é uma forma de discriminação de género e um dos temas mais sensíveis da desigualdade entre homens e mulheres. 

De forma a abordar o tema e encontrar possíveis soluções, a edição deste ano do Dia Internacional da Mulher é dedicado à prevenção da violência contra as mulheres.


Violence Against Women in Europe | infographic

O inquérito mais recente sobre este tema levado a cabo pela Agência dos Direitos Fundamentais da UE revela que uma em cada três mulheres na UE foram vítimas de algum tipo de violência física ou sexual, violência que na maioria dos casos tem consequências físicas e emocionais de longa duração. Mas a dimensão real do problema mantém-se pouco clara uma vez que a violência contra as mulheres permanece pouco denunciada em toda a UE.

Tendo em conta que não existe legislação europeia que estabeleça medidas para promover e apoiar as ações dos Estados-Membros no campo da prevenção da violência contra as mulheres, o Parlamento Europeu defende que seja adotada uma estratégia abrangente para combater este tipo de violência.




Em 2010, o Dia Internacional da Mulher no Parlamento Europeu também foi dedicado ao problema da violência contra as mulheres e desde então, os eurodeputados têm adoptado vários relatórios de iniciativa que propõem medidas específicas para combater a violência e a discriminação baseada no género. 

Este ano a 25 de Fevereiro, o Parlamento Europeu adoptou uma resolução com recomendações para a Comissão Europeia para o combate à violência contra as mulheres.

O estudo mostra que 24% das mulheres portuguesas foram vítimas de violência. A percentagem está abaixo dos 33% da média europeia. 

Ao mesmo tempo, 30% das portuguesas ignoram a existência de leis que protegem as mulheres vítimas de violência doméstica, ao mesmo tempo que 34% não sabem que há leis e políticas nacionais de prevenção. Por outro lado, as campanhas contra a violência doméstica são conhecidas por 70% das portuguesas, ou seja, mais do que a média europeia (50%). A ler mais aqui


"Para Katy, fazia um sorriso aberto, luminoso, isento de dúvidas, como se acreditasse qe ela continuaria a ser para si uma maravilha, e ele para ela, eternamente. O sorriso para a sua mulher era esperançoso e confiante, parecendo conter uma espécie de determinação."

Alice Munro, Amada Vida, Relógio d'Água, Maio 2013

Prefiro deixar esta mensagem literária de esperança. O dia está lindo! Olhemos o sol que nos acaricia, respiremos a brisa que vem em golfadas primaveris alegrar o dia de todas nós.

Feliz Dia da Mulher !

G-S

Fragmentos Culturais

08.03.2014
Copyright © 2014-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®


2 comments:

João Roque said...

Um motivo muito actual para ser referido neste dia. Infelizmente no nosso país a violência contra as mulheres continua a ser um enorme flagelo, e muitos casos nem sequer ninguém sabe...

G- Souto said...

Obrigada por comentares, João.

Depois do relatório europeu, fiquei ainda mais chocada, Pelos números nos diferentes países, e pelo lugar que Portugal ocupa :-(

Sim, quantos casos haverá ainda que os números não puderam mostrar...